Em casa Escolinha de Ribas estreia mal na Pelezinho, perde três e empata duas

Confiante em uma recuperação na próxima rodada, em Bandeirantes, o técnico Welitinho disse que não há nada perdido.


14/05/2018 10h36 - Por: Kleber Souza
 
Confiante em uma recuperação na próxima rodada, em Bandeirantes, o técnico Welitinho disse que não há nada perdido. (Fotos Divulgação) Confiante em uma recuperação na próxima rodada, em Bandeirantes, o técnico Welitinho disse que não há nada perdido. (Fotos Divulgação)

As equipes de base do futsal riopardense, formadas por atletas da Escolinha Municipal, estrearam com o pé esquerdo na 5ª Copa Pelezinho Estadual, ao enfrentar Camapuã nas categorias Sub-7, Sub-9, Sub-11, Sub-13 e Sub-15. Os jogos foram disputados na manhã do último sábado, dia 12, na quadra pública do Bairro São João.

No primeiro jogo, às 9h, a categoria Sub-15 de Ribas do Rio Pardo, comandada pelo técnico Júlio, não foi párea para o combinado de Camapuã, que venceu por 3 a 1.

O segundo jogo, entre os times Sub-13, foi recheados de gols, sendo 10 no total, com 5 pra cada lado. Final Ribas do Rio Pardo 5 X 5 Camapuã. O professor Wellinton Vieira comandou além do Sub-13, o Sub-11, o Sub-9 e o Sub-7.

No terceiro jogo, Sub-11, novamente o equilíbrio prevaleceu. Desta vez 2 a 2. O quarto jogo, Sub-9, um novo revés para Ribas do Rio Pardo, e novamente o placar de 3 a 1 em favor de Camapuã. Encerrando a rodada em solo riopardense, a categoria Sub-7, sofreu uma sonora goleada de 5 a 1.

Confiante em uma recuperação na próxima rodada, em Bandeirantes, o técnico Welitinho disse que não há nada perdido. "Perdemos a continuidade, mas a perseverança é a mesma", declarou. Além de Ribas do Rio Pardo, Bandeirantes e Jardim receberam rodada simultânea da Pelezinho.

A competição envolve 65 equipes de 11 municípios de Mato Grosso do Sul. A primeira fase ocorre no interior do Estado. As fases semifinais e final estão previstas para junho, em Campo Grande.

Confira os resultados dos jogos:

 

Envie seu Comentário