Ponte Preta bate Pinheiros por 2 a 0 e conquista título no Veterano da LIGA 2018

O atacante do Santo André, Adriano "Mermão", conquistou a artilharia da competição, ao balançar as redes adversárias por 14 vezes.


29/04/2018 14h14 - Por: Kleber Souza
 


A finalíssima teve como pano de fundo, a inauguração do novo campo suíço, dois jogos, homenagens a jogadores do passado que fizeram sucesso nos gramados de Ribas do Rio Pardo.

A finalíssima teve como pano de fundo, a inauguração do novo campo suíço, dois jogos, homenagens a jogadores do passado que fizeram sucesso nos gramados de Ribas do Rio Pardo.

Com um gol de Júnior e outro de Marcos Maryama, a Ponte Preta venceu o Pinheiros por 2 a 0 na noite deste sábado, dia 28, e conquistou o título do Campeonato de Veteranos Futebol Suíço 2018, realizado pela Liga Esportiva Municipal Riopardense.

A finalíssima teve como pano de fundo, a inauguração do novo campo suíço, dois jogos, homenagens a jogadores do passado que fizeram sucesso nos gramados de Ribas do Rio Pardo.

Em lembrança ao saudoso Otávio Vieira de Lima, primeiro presidente de LIGA, o novo campo que recebeu cercamento e iluminação, foi batizado com seu nome. Seu filho, Marcos Brandão de Lima, se deslocou da capital, exclusivamente para fazer descerramento da placa com o nome de seu pai. "Eu tenho a agradecer a todos vocês pela homenagem ao meu pai", disse Brandão.

Na disputa do terceiro lugar, Corinthians e Santo André fizeram um jogo morno, mas cheio de gols. O camisa 14, Claudinho do Santo André, deixou seu nome registrado na história do novo campo, ao abrir o placar e se tornar o autor do primeiro gol. O Corinthians foi presa fácil, não esboçou qualquer tipo de reação e saiu goleado por 5 a 0.

Ainda antes da decisão, as equipes paraolímpicas da ADD e CEMDEF deram um show à parte, e abrilhantaram ainda mais o evento com uma apresentação de gala e exemplo de superação no esporte.

O atacante do Santo André, Adriano "Mermão", conquistou a artilharia da competição, ao balançar as redes adversárias por 14 vezes. E os goleiros Adilson (Pinheiros) e Dininho (Santo André) foram premiados como os melhores goleiros. Eles sofreram, cada um, 5 gols. Simbolicamente Adilson recebeu a estatueta, e em um ato de 'far play' passou o troféu a Dininho, por ser o mais veterano.

 

Envie seu Comentário