Preso por tráfico de drogas em Ribas é encontrado morto em cela de presídio na capital

Jean Charles estava no Presídio de Trânsito de Campo Grande desde setembro de 2017, quando foi flagrado com maconha, cocaína e pasta base


11/01/2018 11h42 - Por: Kleber Souza
 
Segundo o boletim de ocorrência, poucos minutos depois, os internos voltaram a chamar os agentes, alegando que Jean estava morto. Segundo o boletim de ocorrência, poucos minutos depois, os internos voltaram a chamar os agentes, alegando que Jean estava morto.

Jean Charles da Silva, de 24 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (10) em um das celas do Ptran (Presídio de Trânsito de Campo Grande). A vítima cumpria pena por tráfico de drogas e estava presa desde setembro do ano passado, quando foi flagrado com porções de maconha, cocaína e pasta base.

Agentes penitenciário da unidade, contaram à polícia que nesta manhã, durante a conferência de rotina nas celas, encontraram Jean bastante agitado, aparentemente por conta do uso de drogas. Aos servidores, os outros 11 internos que estavam no local afirmaram que "tudo estava de boa".

Segundo o boletim de ocorrência, poucos minutos depois, os internos voltaram a chamar os agentes, alegando que Jean estava morto. Equipes da perícia e da Polícia Civil foram acionadas e o caso registrado como morte a esclarecer.

A vítima estava na cela 13, do pavilhão 1 do presídio, desde o dia setembro do ano passado, quando foi presa por tráfico de drogas na BR-262, após ser flagrado com porções de maconha, cocaína e pasta base escondidas em uma motocicleta Honda Fan 150. O flagrante aconteceu após denúncias feitas a Polícia Militar.

Durante a ação, os policiais encontraram três tabletes de maconha escondidos no filtro de ar da moto e pouco mais de 11 gramas de cocaína e 100 de pasta base guardas com ferramentas. Jean ainda respondia a um processo por furto a um Fiat Uno, cometido por ele e dois adolescentes em fevereiro de 2015, na cidade de Ribas do Rio Pardo.

 

Envie seu Comentário